Carrinho de Compras
(0 itens)
Visitante, seja bem-vindo!

« Retornar




FARMÁCIA

ATENÇÃO FARMACÊUTICA EM DISTÚRBIOS MAIORES 2ª Ed. 2013 - Luciene Alves Moreira Marques & Cols.

ISBN: 978-85-89248-11-2

Pagamento à vista
Boleto Bancário R$  95,4
Depósito Bancário R$  95,4
Pagamento Fácil Bradesco R$  95,4
Pagamento parcelado
Cartão Amex 3 x de R$  31,80
Cartão Mastercard 5 x de R$  19,08
Cartão Visa 5 x de R$  19,08

DETALHES

ESPECIFICAÇÕES

AVALIAÇÕES

VÍDEO

ATENÇÃO FARMACÊUTICA em DISTÚRBIOS MAIORES 2ª ed. 2013

Autora e coordenadora:

Luciene Alves Moreira Marques

 

Copyright© 2013

 

Livraria e Editora Medfarma 

ISBN 978-85-89248-11-2

Nº de págs.: 444

Preço: R$ 106,00

 

Colaboradores:

Amilton Marques

Adriele da Silva Brandão

Carlos Eduardo Pulz Araújo

Christiane Rust

Fernanda Fernandes Miranda

Lara Cristina Silva

Leila Beltrami Moreira

Maria do Carmo Barbosa

Maria Esperança Rabelo Junqueira

Marília Cruz Guttier

Marysabel Pinto Telis Silveira

Ricardo Radighieri Rascado

Valéria Maria das Dores Heyden

Vanessa de Fátima Borges

 

SUMÁRIO

Capítulo 1 Acompanhamento Farmacoterapêutico

Capítulo 2 Casos Clínicos

Capítulo 3 Conhecendo o Paciente

O farmacêutico é um educador em saúde

O que é abordagem centrada na pessoa de carl rogers?

O que é programação neurolinguística (pnl)?

É preciso ter opções

Como o farmacêutico se comunica?

Informação técnica de qualidade é suficiente?

Linguagem fácil para farmacêutico

Primeiros passos para melhorar a comunicação

Silencie

Diferença entre homens e mulheres

Faça seu paciente se sentir especial

A comunicação vai além das palavras

Use a linguagem não verbal conscientemente

Técnicas da pnl

Como usar a técnica do espelhamento para criar um clima

Harmônico e de confiança

Interrompa o espelhamento para sair da conversa

O espelhamento cruzado é um espelhamento indireto

Recapitulação verbal pelas palavras usadas pelo paciente

Recapitulação verbal pelas emoções implícitas

Carl rogers e a abordagem centrada na pessoa

Saúde centrada no paciente

Pronto-socorro emocional

Abordagem centrada na pessoa

Empatia

A empatia faz florescer a compaixão

Consideração positiva incondicional

Congruência

Ciclo virtuoso

Condução

Sigilo

Capítulo 4 Farmacovigilância

Temas da produção estudada

Objetivos da farmacovigilância

Reação adversa medicamentosa

Métodos de análise em farmacovigilância

Vigilância passiva

Notificação voluntária

Notificação intensificada

Vigilância ativa

Monitorização de eventos e a prescrição de medicamentos

Registros

Estudos observacionais comparativos

Estudos transversais

Estudos caso-controle

Estudos de coorte

Investigação clínica alvo

Estudos descritivos

Estudo de utilização de medicamentos

Atenção farmacêutica e farmacovigilância

Centros de farmacovigilância

Notificações

Capítulo 5 Atenção Farmacêutica na Hipertensão Arterial

Introdução

Regulação da pressão arterial a curto, médio e longo prazo

Regulação nervosa (curto prazo)

Regulação humoral (médio prazo)

Regulação pelos rins (longo prazo)

Classificação da hipertensão

De acordo com a etiologia

Tratamento

Não medicamentoso

Medicamentoso

Diuréticos

Simpatolíticos

Simpatomiméticos

Bloqueadores adrenérgicos

Antagonistas do cálcio

Vasodilatadores de ação direta

Inibidores da enzima conversora de angiotensina (eca)

Antagonistas dos receptores de angiotensina ii

Medida da pressão arterial

Objetivos do tratamento farmacológico

Na hipertensão arterial

Capítulo 6 Atenção Farmacêutica no Climatério e Menopausa

Climatério

Menopausa

Menopausa e doenças cardiovasculares

Terapêutica do climatério e menopausa

O tratamento pode ser medicamentoso e não medicamentoso

Medicamentoso – trh / terapia de reposição hormonal

Tratamentos não hormonais

Benefícios da trh

Possíveis riscos da trh

Capítulo 7 Atenção Farmacêutica ao Paciente Asmático

Prevalência de asma no brasil e no mundo

Fatores de risco para asma

Fisiopatogenia da asma

Pico de fluxo expiratório (pfe)

Classificação da asma de acordo com a gravidade

Classificação de acordo com o nível de controle da asma

Tratamento

Fármacos utilizados

Papel do farmacêutico no cuidado do paciente asmático

Informação e aconselhamento ao paciente

O que é asma

Identificação dos primeiros sinais da crise

Cuidados não farmacológicos na asma

Educação sobre a terapêutica

Como utilizar corretamente o medidor de pfe

Principais causas de não adesão ao tratamento

Orientação sobre como usar os nebulímetros

Inaladores pressurizados (ip) e inaladores de pó (ipo)

Uso de espaçadores

Nebulizadores

Plano de atenção farmacêutica

Capítulo 8 Atenção Farmacêutica no HIV e AIDS

Epidemiologia da aids no brasil

Hiv e aids

Diagnóstico laboratorial do hiv

Tratamento antirretroviral

Medicamentos antirretrovirais

Adesão ao tratamento antirretroviral

O papel do farmacêutico na adesão aos antirretrovirais

Passo a passo da atenção farmacêutica

Capítulo 9 Atenção Farmacêutica na Doença de Alzheimer

O que é a doença de alzheimer

Conceito

Prevalência e incidência

Diagnóstico

Anamnese

Exame físico

Exames laboratoriais

Fisiopatologia

Sinais e sintomas

Tratamento

Tratamento farmacológico

Tratamento não farmacológico

Atenção farmacêutica na doença de alzheimer

Capítulo 10 Atenção Farmacêutica em Geriatria

Polifarmácia no idoso

Variações farmacocinéticas no idoso

Alterações na distribuição de fármacos

Alterações no metabolismo

Alterações na eliminação

Síndromes geriátricas

Medidas higiênico-dietéticas

Tratamento medicamentoso

Princípios da atenção farmacêutica geriátrica

Capítulo 11 Atenção Farmacêutica em Dislipidemias

Classificação das dislipidemias

Classificação Laboratorial

Classificação Etiológica

Classificação Primária

Dislipidemias Primárias mais Importantes

Classificação Secundária

Classificação de Fredrickson

Tratamento farmacológico e não farmacológico

Tratamento dietético

Exercício físico

Capítulo 12 Atenção Farmacêutica no Diabetes Melito

História da doença

Epidemiologia

Classificação do diabetes melito

Diabetes melito tipo 1 (DM1)

Diabetes melito tipo 2 (DM2)

Diabetes melito gestacional

Outros tipos específicos de diabetes melito

Casos Práticos

Manifestações clínicas no diabetes melito

Diagnóstico do diabetes melito

A importância da glicemia média obtida pela análise do teste da

Hemoglobina glicada no controle do diabetes (a1c)

Tratamento não medicamentoso no diabetes

Orientação nutricional no diabetes melito

Tratamento medicamentoso no diabetes melito

Tratamento do diabetes melito tipo 1

Insulinoterapia

Tipos de insulinas

Insulina regular (R)

Análogos de insulina de ação rápida

(Lispro, Aspart, Glulisina)

Insulinas de ação intermediária - Lenta (L) e NPH

Análogos de insulina basal - Glargina e Detemir

Pré-misturas (Preparações bifásicas)

Esquemas de insulinoterapia

Sugestões de dosagens diárias de insulina

Antidiabéticos orais

Prevenção e tratamento do pé diabético

Plano de atuação para pacientes diabéticos

Capítulo 13 Atenção Farmacêutica na Depressão Pós-Parto

Histórico

Aspectos clínicos da dpp

Classificação da dpp

Etiologia da dpp

Tratamento

Enfrentando a dpp

Capítulo 14 Interpretação de Exames Laboratoriais na

                        Atenção Farmacêutica

Princípios importantes na interpretação

de exames laboratoriais

Interpretação  dos principais exames laboratoriais  utilizados no Acompanhamento farmacoterapêutico

Hemograma

Eritrograma

Principais anemias detectáveis na rotina laboratorial

Alterações no leucograma de natureza infecciosa

Alterações no hemograma de natureza não infecciosa

Considerações sobre exames hematológicos 

Em pacientes utilizando medicamentos

Investigação da função tireoidiana

Perfil hormonal nas situações de hipotireoidismo

Perfil hormonal nas situações de hipertireoidismo

Exames laboratoriais de investigação bioquímica

Perfil lipídico – Dislipidemias

Exames laboratoriais no diabetes

Outros testes bioquímicos laboratoriais

Urinálise – exame básico da urina

Parâmetros avaliados no exame básico de urina

Fármacos e condições que alteram a cor da urina

Considerações sobre a interpretação de exames laboratoriais no Acompanhamento farmacoterapêutico

Testes laboratoriais e resultados considerados críticos

Capítulo 15 Implantação da Atenção Farmacêutica em

                        Farmácias e Drogarias

Itens necessários para a implantação do

Serviço de atenção farmacêutica

Recursos humanos

Recursos físicos

Fluxo de serviços

Método a ser empregado

Instrumentos de acompanhamento

Uso de tecnologias

Treinamento e capacitação dos profissionais farmacêuticos

 

Até o momento, nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro clicando aqui

TÍTULOS CORRELACIONADOS

PRESCRIÇÃO FARMACÊUTICA 1ª ED. 2018 Luciene Alves Moreira Marques
R$  88,00
MEDICAMENTOS NA PRÁTICA DA FARMÁCIA CLÍNICA Ed. 2013 Mayde S T; Luciana S; Elvino Barros
R$  188,00
A PRÁTICA FARMACÊUTICA NA FARMÁCIA COMUNITÁRIA 1ª Ed. 2013 - Cassyano J Correr; Michel F Otuki
R$  93,00